International Chocolate Awards Winner
Nina Chocolate
Nina Chocolate

NOSSA HISTÓRIA

Onde uma vez fomos cercados por blocos de cimento, nos encontramos cercados por majestosas florestas. Onde uma vez houve engarrafamentos, agora nos sentamos em pequenos barcos que viajam para o pôr do sol no magnífico rio Huallaga.

A cada dia a Amazônia peruana abriu os nossos olhos e nossos sentidos. Nós nos conectamos com o espírito da Mãe, a energia que vem da montanha e descobrimos o conhecimento mantido nas árvores, animais e plantas da região. Com sua doce e suave voz, a árvore de cacau nos cativou e foi através de seu fruto maravilhoso que a mãe compartilhou seu segredo e nos apresentou o chocolate de alta qualidade.

Nós ouvimos cuidadosamente os espíritos da floresta e criamos o Chocolate Tree to Bar. Usando o cacau de nossa própria fazenda e trabalhando com outros agricultores, desde a colheita até o processamento, nós asseguramos o produto de alta qualidade que queremos compartilhar com você.

Ler mais...

Em Chazuta, o tempo passou e a população local esqueceu o cacau. Ter redescoberto o seu cultivo reviveu um importante recurso econômico e também resgatou variedades de cacau nativo que se achava estar perdido. Através do nosso trabalho reavaliando a viabilidade do cacau nativo, fortalecemos nossos laços na comunidade e permitimos que pequenos agricultores apostassem no cacau.

Juntamente com nossos agricultores, buscamos obter uma Indicação Geográfica para o cacau Chazuta cultivado com práticas agroflorestais, otimizando os benefícios de combinar árvores nativas com plantas de cacau.

A ideia de criar uma marca de chocolate foi nossa motivação original para escapar da metrópole barulhenta e começar uma nova vida em contato com a natureza. O mais importante foi redefinir nossas prioridades e começar uma nova vida em harmonia e contato com a natureza. Buscamos aprender o que poderíamos de um ambiente natural e um povo que esteve aqui desde tempos antigos.

Inicialmente impressionados pela quantidade de maravilhas que a floresta mantém em seu interior, foi o tempo em meio a natureza que sintonizou nossos sentidos para que pudéssemos ouvir claramente o “chamado da selva” através da doce, suave e aromática voz do cacau.

A LENDA DE NINA

Ao longo das margens do majestoso rio Huallaga corre uma menina. Sempre curiosa e brincalhona, ela poderia ser encontrada brincando com Yacuruna, espírito das águas, onde juntos banhavam-se em lagos espetaculares e pulavam em cachoeiras revigorante.

Eis Nina, princesa amazônica, possuidora de fogo.

Em um dia radiante, enquanto brincava com um cervo, ela adentrou profundamente na floresta, como nunca antes tinha arriscado. Ela encontrou-se na sombra protetora, debaixo da árvore mais alta que já tinha visto. Enquanto ela contemplava essa visão, um jaguar aproximou-se silenciosamente, hipnotizando-a com seu ser majestoso, Nina sentiu-se atraída por ele.

Cativada pelos olhos brilhantes do jaguar, Nina viajou para os cantos mais distantes da floresta, onde permaneceu por metade de sua vida, ganhando sabedoria e descobrindo um mundo intocado pelas pegadas humanas. Nina veio a conhecer todos os animais e espíritos que moravam na selva, mas acima de tudo ela formou uma profunda compreensão e vínculo com as plantas. Plantas que revelaram a ela seu poder de curar, nutrir e proteger aqueles que estabelecem relacionamentos respeitosos com elas.

Nina intuiu que o espírito de cada planta compartilharia sua sabedoria com ela, permitindo assim que ela estabelecesse equilíbrio e mantivesse a harmonia na selva.

Uma manhã, enquanto mordiscava sua fruta favorita que adorna as árvores da floresta à sombra dos ramos baixos, o espírito da mãe árvore apareceu. O espírito da mãe expressou seu desejo de ensinar a Nina os segredos da fruta sagrada, o cacau. Nina foi transformada; impressionada com a delicadeza das flores, deleitava-se com o doce e saboroso suco, e encantada pelas sementes, que tinham o potencial de se tornar uma rica e refinada iguaria.

Nina gastava seu tempo aprendendo sobre os benefícios e a transformação das sementes, extraindo a sabedoria do espírito da mãe.

Nina dedicou sua vida ao cacau, vendo em primeira mão os benefícios que o cacau trazia, extraindo a sabedoria do espírito da mãe pelo vínculo que cultivavam. Uma verdade inegável foi realizada; Nina não era mais apenas uma garotinha curiosa, ela tornou-se uma princesa amazônica, responsável por compartilhar e canalizar o poder do cacau incorporado nos chocolates Nina.

DA ÁRVORE PARA A BARRA

Nosso chocolate é produzido na mesma região onde nossa plantação está localizada e onde realizamos todo o trabalho pós-colheita do mesmo, que inclui fermentação e secagem. Compartilhamos com os produtores nosso trabalho e o chocolate que é levado para seus lares para ser apreciado em família.

Elaborar o chocolate premium é uma experiência maravilhosa e gratificante, que exige um estilo de vida dedicado à paciência e à persistência. É uma viagem. Aprendemos a cuidar perfeitamente do nosso campo e os métodos delicados para produzir um chocolate fino com padrões internacionais. Gostaríamos de compartilhar com vocês a seguir, o processo que utilizamos e as considerações que são feitas em cada etapa da transformação da árvore até a barra.

Nina Chocolate usa apenas cacau de origem única de Chazuta, uma região à beira da Amazônia, dentro de San Martin, Peru, uma área mundialmente conhecida pelo seu cacau de alta qualidade. Fundo Qoya, onde nossa plantação de cacau está localizada em Chazuta, e outros campos da região, nos fornecem um cacau saboroso de alta qualidade, cultivado naturalmente.

A TRANSFORMAÇÃO DA ÁRVORE À BARRA

COLHEITA

Na região de San Martin, no Peru, colhemos as sementes de cacau entre os meses de abril e novembro, depois das chuvas terem diminuído e o fruto ter amadurecido. Em alguns casos, a casca do cacau possui tons de vermelho escuro e roxo antes de mostrar detalhes em amarelo dourado. Há uma pequena janela entre o amadurecimento e a germinação em que nossos agricultores selecionam cuidadosamente a preparação para a colheita. As sementes e a polpa são coletadas e separadas da casca e classificadas para a fermentação.

FERMENTAÇÃO

Para o processo de fermentação, colocamos os grãos junto com sua polpa em caixas de madeira natural e monitoramos seu progresso com muito cuidado. Após um período inicial de 24 horas, os grãos são mexidos para introduzir oxigênio no processo químico e melhorar a uniformidade ao longo de todo o processo de fermentação, o que pode fazer com que eles atinjam uma temperatura de 50 ° C. Controlamos cuidadosamente os grãos durante os próximos dias para ver se existem sinais que nos digam que o processo foi concluído.

SECAGEM

Os grãos de cacau são espalhados em grandes mesas com redes ao ar livre onde são deixadas para secar à temperatura tropical ambiente por uma semana. Analisamos os níveis de umidade dos grãos e mexemos ocasionalmente para uniformizar o processo de secagem. Quando os grãos estão perfeitamente secos, eles são levados para o armazém para o próximo passo.

INSPEÇÃO DE SEMENTES

Existem várias inspeções ao longo do processo pós-colheita do cacau, mas a inspeção pós-fermentação e secagem é a mais importante. Podemos analisar a qualidade dos grãos, que fazemos com um teste de corte de uma seleção de grãos e inspeção visual da arquitetura interna e testes de sabor para garantir que os grãos tenham fermentado e secado com sucesso. Também processamos os grãos e realizamos um segundo teste de sabor com o licor final.

TOSTAGEM

Os métodos de tostagem são práticas delicadas para um chocolateiro, a temperatura e a duração são sutilmente aperfeiçoadas através de experimentação rigorosa para produzir o resultado que melhor representa a marca. O processo de tostagem é realizado em fornos projetados para aquecer uniformemente os grãos, dar uma consistência delicada, pronta para moer.

DESCASQUE & SELEÇÃO

Os grãos agora são separados de suas cascas, o método consiste em primeiro quebrá-los em pedaços menores e, em seguida, separar as cascas com uma máquina que suga as cascas mais leves deixando pedaços puros de chocolate (nibs). Nós vendemos nibs e também os colocamos em uma de nossas barras com 70% de cacau.

MOAGEM E PRENSAGEM

Nossos nibs de cacau agora são triturados com rolos de pedra até o pó transformar-se em um suave licor de chocolate sem refinamento. Diferentes grãos de cacau têm diferentes quantidades de cacau sólido e manteiga de cacau, a gordura natural dos grãos de cacau. Nos asseguramos de que a proporção seja ideal para o nosso chocolate fino.

TEMPERAGEM

A temperagem é um processo controlado de elevação, redução e elevação novamente da temperatura do chocolate para alinhar os cristais da manteiga e criar a textura ideal para a barra. O acabamento suave e a nitidez da barra são determinados nesta fase antes que o chocolate seja vertido em moldes, preparado e embalado para serem entregues aos nossos clientes.

A FAZENDA DE CACAU

Nossa pitoresca fazenda de cacau está localizada em Chazuta, um estreito vale no Departamento de San Martín da Amazônia peruana. O vale segue o rio Huallaga entre picos de mais de mil metros que protegem nossas colinas semeadas de cacau. Distribuídos em 16 hectares, temos uma plantação de cacaueiros plantados em um sistema agroflorestal de árvores nativas madeireiras e outras comestíveis, como as bananeiras e majambo, um primo do cacau. Parte de nossa visão é proteger o meio ambiente, incluindo a floresta e os animais que vivem nela. Na nossa fazenda, também se pode encontrar uma área que reflorestamos com uma variedade de árvores nativas desta região da Amazônia.

 
 
 

NOSSOS AGRICULTORES

Trabalhamos com vários produtores de cacau dentro do vale de Chazuta, passando um tempo com eles para explicar nossos delicados requisitos e apoiá-los para produzir grãos de qualidade com maiores rendimentos, que nós compramos diretamente por preços mais altos que o padrão. Nossos agricultores são convidados a nos acompanhar durante a análise dos grãos e testes de perfil de sabor para garantir que continuemos a receber apenas os grãos de melhor qualidade.

 
 
 
 
 

CHAZUTA

A uma hora da cidade de Tarapoto, Chazuta está situada junto ao rio Huallaga e se encontra entre belas cadeias montanhosas em ambos os lados, que se destacam sobre a parte superior da Amazônia. O cacau é uma parte importante da vida aqui, muitos moradores são produtores de cacau orgânicos e o cacau é celebrado aqui em nosso festival anual. Chazuta também é conhecido por seus xamãs, como um lugar de cura mística e hoje ainda existem muitos curandeiros naturais. Belas cerâmicas, comunidades indígenas e deliciosos chocolates trazem um fluxo constante de turismo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

IMPRENSA

 
 

CONTATE-NOS

Para obter informações adicionais, realizar um pedido ou compras por atacado, ligue-nos ou contate-nos abaixo. Adoraríamos saber de você.

Telefone: +51 947 850 039
Email: info (at) ninachocolates.com
Endereço: Jr Chorrillos cuadra 2, Chazuta, San Martín – Perú
Direct Links: Maps.Me | Google Maps

""
1
Nomeseu nome completo
Mensagemmais detalhes
0 /
Previous
Next

WHERE TO BUY

Lima

El Cacaotal

Jr. Colina 108 (Alt. Cdra 5 av. Grau) – Barranco

Flora y Fauna – Mercado Saludable

Av. La Mar 1110 – Miraflores

Cate Tasting Room

Calle Independencia 269 – Miraflores

Thika Thani Market

Av. Benavides 474 – Miraflores
Av. Aviación 2808 – San Borja

Tarapoto

Hotel La Patarashca

Jr. San Pablo de la Cruz 362

Tienda Artesanal INTI

Jr. Manuela Morey 505

Café ZYGO

Av. Ramirez Hurtado 417

Supermercado La Inmaculada

Jr. Martinez de Compagñon 126
One block from the main plaza

Cusco

Casa Market

Calle Portal Mantas 120
One block form the main plaza

Chazuta

Nina Fine Chocolate

Jr. Chorrillos cuadra 2
(Casa Qoya)